Escolas municipais de Curitiba usarão recursos do Google for Education


O prefeito Rafael Greca e a secretária da Educação, Maria Sílvia Bacila, reuniram-se em São Paulo, nesta sexta-feira (24), com representantes da empresa Google para anunciar o acordo de parceria para que a rede municipal de ensino de Curitiba passe a utilizar recursos Google for Education, plataforma de serviços de educação do Google. A parceria com a empresa, que não terá custos para a Prefeitura de Curitiba, tem o apoio da Getedu, parceiro oficial do Google for Education.

“Temos no Google o nosso novo parceiro para inovar a educação de Curitiba. Implantaremos uma escola de formação pedagógica onde a educação será colaborativa”, disse o prefeito Rafael Greca.

A expectativa é implementar as ferramentas educacionais da empresa a partir de 2018 para uso nas turmas do ensino fundamental e educação de jovens e adultos em todas as escolas municipais, e na educação infantil, nos centros municipais de educação infantil (CMEI). Além da implementação técnica, será oferecido treinamento à equipe pedagógica envolvida.

Entre os recursos que estarão disponíveis para uso dos professores no planejamento e nas atividades em sala de aula estão a plataforma G Suite for Education, que inclui os aplicativos Sala de Aula, Gmail, Drive, Calendário, Docs, Planilhas, Formulários, Slides, entre outros.

“Acreditamos que essa parceria levará a plataforma de inovação G Suite for Education para a sala de aula e será responsável por simplificar o uso de tecnologia para educadores e alunos”, observa Alexandre Campos, diretor de Google for Education no Brasil.

Como vai ser – Com o G Suite for Education, documentos, planilhas, apresentações, formulários e outros tipos de arquivos ficarão disponíveis na nuvem e de forma organizada, podendo ser acessados de maneira simples por professores e gestores das unidades educacionais.

Os arquivos ainda poderão ser compartilhados facilmente e editados de forma colaborativa e simultânea. O espaço do drive para as escolas é ilimitado e o Google for Education informa que não retém os dados das escolas participantes, nem explora comercialmente o conteúdo disponibilizado pelas unidades.

O uso do aplicativo Google Sala de Aula facilitará a comunicação dos professores com a turma e permitirá o acompanhamento do desempenho dos estudantes pelo educador. Essa sala de aula virtual permite organizar todas as turmas num só lugar, podendo agendar atividades e corrigi-las, sem a necessidade de utilizar papel, e até mesmo criar roteiros de aulas multimídia, com vídeos e jogos educacionais.

Professores e estudantes terão ainda possibilidades como o Google Expedições, que permite viagens virtuais a diferentes partes do mundo, Google Maps, Earth e Street Views, que possibilitam explorar conteúdos de História e Geografia de um jeito inovador, levando crianças e adolescentes em explorações pela Terra, Lua, oceanos ou até mesmo a região da escola, do bairro.

Além das ferramentas educacionais disponibilizadas pela plataforma, as escolas e CMEIs poderão ter e-mail corporativo tendo como domínio o nome da unidade. Os usuários das escolas terão armazenamento adicional ilimitado no Gmail e no Google Drive, além de acesso compartilhado ao Google Drive, Google Agenda e outros aplicativos G Suite for Education.

Os participantes não receberão anúncios e contarão com suporte 24 horas por dia. A plataforma educacional oferece ainda recursos de segurança aprimorados.

20 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest