Aposentadoria integral exigirá 40 anos de contribuição


O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou ontem que o tempo mínimo de contribuição para que um trabalhador possa se aposentar diminuiu de 25 anos – da proposta de reforma anterior – para 15 anos no novo texto da reforma da Previdência. Quem optar por este modelo, porém, receberá apenas 60% do benefício. Para receber 100%, o trabalhador terá que contribuir por 40 anos.

“É um incentivo para as pessoas trabalharem um pouco mais visando ter aposentadoria melhor”, disse Meirelles. A nova versão da reforma da Previdência foi apresentada pelo relator da proposta, deputado Arthur Maia (PPS), no jantar que o presidente Michel Temer ofereceu ontem a deputados da base aliada no Palácio da Alvorada.

Ainda segundo Meirelles, dentro da proposta, nos primeiros dois anos pós-reforma a idade mínima será 55 anos. “Vai subindo devagar e só em 20 anos chega a 65”, afirmou. “Outra mudança importante é que se retirou a questão do trabalhador rural. Não haverá nenhuma alteração para os trabalhadores rurais. Continuam as regras atuais”, disse.

Publicidade

Últimas Notícias

3 de Março de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais Certificados

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale