Arte que vai na direção oposta e não tem categoria


Vista interior de Dan Flavin e Donald Judd no novo prédio de David Zwirner, no 537 West 20th Street, Nova York. Foto de Jason Schmidt © 2013 Stephen Flavin / Artists Rights Society (ARS), Nova York; cortesia de David Zwirner, Nova York / Londres.


David Zwirner gosta de arte que caminha no caminho contrário. Ele é atraído por obras que são espinhosas e não podem ser facilmente categorizadas. Dado que ele é uma das figuras mais poderosas do mundo da arte global, esse ponto de vista tem funcionado muito bem. As galerias David Zwirner em Nova York e Londres têm um dos mais fortes programas de arte contemporânea ocidental.

No ano que vem, a primeira galeria epidêmica de David comemorará 25 anos. O aniversário coincide com um novo posto avançado em Hong Kong, que abrirá em janeiro com um show inaugural do artista belga Michaël Borremans, elogiado por suas pinturas figurativas. A arquiteta de David, Annabelle Selldorf - que anteriormente projetou seus imensos e luminosos recintos de Nova York e Londres - também está projetando esse espaço de 10.000 pés quadrados no bairro central da cidade.


Quando falo com David no telefone em Nova York no início de setembro, é seu primeiro dia de trabalho no trabalho após as férias. Pergunto-lhe sobre olhar para o leste. "Nós estamos indo para a Ásia há 10 anos para a feira de arte de Hong Kong", ele diz, com um leve sotaque alemão, referindo-se a ART HK, que posteriormente se transformou em Art Basel Hong Kong. "No início, o público, enquanto estava interessado, estava relutante em se engajar, mas depois se envolveram cada vez mais. O que vimos também é uma verdadeira dedicação ao nosso estábulo de artistas. Assim, os colecionadores vão comprar apenas um trabalho de um artista, mas várias obras do mesmo artista. Esse é o tipo de comportamento coletivo que amamos. Alguns anos atrás, olhamos em volta e decidimos que tenhamos que plantar uma bandeira em Hong Kong. "David é tão otimista sobre a Ásia que a galeria participará na Feira de Arte da Índia, pela primeira vez, em fevereiro de 2018.




26 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest