A luta do século, em que para Jeffries aconteceu por questões raciais


A luta do século, de Johnson contra Jeffries, 1910

História do boxe internacional - questões raciais e o racismo americano


Era 1910, o campeão dos pesos-pesados James Jeffries, que havia se aposentado invicto cinco anos antes, decidiu então retornar aos ringues com o único intuito de destronar o campeão Jack Johnson. Porém, mais do que um desafio pessoal, Jeffries deixou bem claro que a razão da luta era por uma questão racial, quando proferiu a seguinte frase: "Eu vou entrar nessa luta apenas pelo simples propósito de provar que um homem branco é melhor do que um negro".


Aconteceu em 4 de julho de 1910, em Reno, Nevada, a chamada "Luta do Século" (branco contra negro) juntou um público de vinte e dois mil espectadores, rendendo uma bilheteria de duzentos e vinte e cindo mil dólares. Inflamada com coros racistas contra Johnson, a torcida presenciou estupefata a queda da "grande esperança branca" no 15º round da luta. Jeffries, que nunca havia sofrido uma queda antes na carreira, mas conseguiu se reerguer, tão somente para tornar a ser derrubado por Johnson. A multidão passou então a pedir o encerramento da luta, a fim de prevenir o nocaute de Jeffries.


Com a vitória sobre o grande James Jeffries, Johnson silenciou de vez todos os seus críticos, que tentavam desvalorizar seu título conquistado frente à Tommy Burns, sob a alegação de que o lutador canadense era um falso campeão. Por outro lado, nas ruas, o desdobramento do resultado da "Luta do Século" foi uma onda de violência racial, em confrontos que aconteceram em mais de cinquenta cidades, ao longo de todo os Estados Unidos, e que resultaram em pelo menos vinte e cinco mortes, além de centenas de feridos.


(texto editado)

(Se você tiver mais informações ou outras histórias me envie um email para contar para todos - diegogravura1@gmail.com


28 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest