Greca diz que vai manter negociações com servidores


A Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos informa que a Prefeitura de Curitiba não tem um posicionamento fechado sobre a questão do reajuste do funcionalismo e que mantém o diálogo aberto. O município busca atender a demanda dos servidores, sem desrespeitar a Lei municipal 101/2017, que trata da responsabilidade fiscal do município.

Segundo o secretário municipal de Recursos Humanos, Heraldo Neves, o diálogo não foi encerrado, mas a discussão será feita dentro da realidade fiscal do município. Neves reforça que a Prefeitura tem tido boa disposição em quitar pendências com o funcionalismo, tais como dívidas passadas que não foram pagas entre o período de 2012 a 2016.

Nesse semestre, a Prefeitura está pagando R$ 67 milhões de repasses atrasados aos servidores públicos em atividade, pensionistas e aposentados. As pendências incluem pagamento de indenizações de licenças-prêmio não usufruídas, além de processos referentes a diferença de férias, horas extras, crescimento de carreira, Regime Integral de Trabalho (RIT) e descansos remunerados.

Publicidade

Últimas Notícias

6 de Março de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais Certificados

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale