Elena tatua seu gato e diz que ele não foi castrado e que, isso sim, seria crueldade


Animal com o peito tatuado (Foto: Reprodução/Instagram)


Modelo é criticada por fazer tatuagem em gato de estimação


Após denúncias de pessoas que protegem os animais, a polícia investiga uma modelo fisiculturista de Chernihiv, na Ucrânia, cujo gato de estimação teve seu peito tatuado, sem seu consentimento. Elena Ivanickaya levou o gato para um estúdio de tatuagem, em que para ela o animal ficaria mais "glamouroso" com a arte no peito, conforme disse em reportagem do Daily Mail.


A tatuagem no gato da raça Sphynx, caracterizado pela ausência de pelos, gerou revolta nas redes sociais, com internautas acusando a modelo de maus-tratos. "Você deveria tatuar a sua testa com a inscrição. Pobre gato!", escreveu um usuário.


Em resposta, a modelo publicou que a vida do gato é melhor que a dos seguidores. ''Pode ser o inferno para vocês, mas ele se sente bem. Ele não foi castrado e nunca será. Isso, sim, seria crueldade". - comenta a modelo.


A Polícia foi acionada depois da repercussão do caso. E as investigações seguem.


Aqui é o link para o instagram da Modelo CLICK AQUI

26 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest