Indonésia, o princípio da expressão humana


A descoberta contesta a tese aceita de que essa arte teria surgido na Europa. Pinturas foram encontradas nas cavernas na ilha Sulawesi, da Indonésia, datadas de 40 mil anos atrás.

A arte, ou melhor dizer, as primeiras manifestações expressivas do homem, nas cavernas em ilha Sulawesi, da Indonésia, descoberta remonta há 40 mil anos e é tão antiga quanto as pinturas rupestre encontradas na Europa, revelou um estudo científico publicado em 2014 na revista britânica "Nature", que contesta a tese aceita de que essa arte teria surgido na Europa.

Ao estudar as cavernas calcárias do sítio indonésio Maros, conhecidas desde os anos 1950, uma equipe de cientistas australianos e indonésios estabeleceu que uma mão humana foi pintada em negativo com o uso de uma técnica de impressão similar ao estêncil há pelo menos 39,9 mil anos atrás.

A representação de um babirusa – que é um porco selvagem asiático parecido com o javali - data de pelo menos 35,4 mil anos, segundo cientistas que usaram a técnica de datação do urânio-tório.

"Com frequência a Europa era considerada o centro da primeira explosão de expressão humana, particularmente com a arte das cavernas há 40 mil anos", destaca um dos autores do estudo, Maxime Aubert, da universidade australiana de Griffith.

"Nossas datações da arte parietal (nas paredes) de Sulawesi demonstram que quase ao mesmo tempo, do outro lado do mundo, havia homens que faziam pinturas de animais tão notáveis como as das grutas da França ou da Espanha durante a era glacial", acrescentou.

Segundo o especialista, "é possível que a arte das cavernas tenha aparecido de forma independente aproximadamente no mesmo momento em dois extremos da distribuição geográfica dos primeiros homens modernos".

Uma hipótese alternativa seria de que "a arte parietal estava amplamente difundida entre os primeiros Homo sapiens que deixaram a África dezenas de milhares de anos antes". Os animais pintados, encontrados nas cavernas de Maros e na gruta Chauvet "teriam então suas raízes profundas fora de Europa e Indonésia", acrescentaram os cientistas.

Neste caso, segundo eles, é possível antecipar outras descobertas em outras partes do mundo.


Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

22 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale