De Stijl, a vanguarda na Holanda


Theo van Doesburg nasceu em Utrecht, no dia 30 de agosto de 1883 e faleceu em Davos, no dia 7 de março de 1931. Foi um artista plástico, designer gráfico, poeta e arquiteto neerlandês.

O seu nome encontra-se particularmente ligado ao aparecimento do Neoplasticismo ou "De Stijl" ("O Estilo"). Esta corrente artística que se desenvolveu a partir de 1917 e da qual também fizeram parte Piet Mondrian e diversos arquitetos, pintores e escultores, foi o mais puro dos movimentos abstratos e um dos grandes marcos da arte moderna.

Van Doesburg viria a fundar a revista "De Stijl" que serviu de suporte teórico às propostas plásticas do grupo as quais consistiam, resumidamente, na redução da pintura a formas rigorosamente abstratas e geométricas: uma rede ortogonal de linhas que, no seu encontro, formam quadrados e retângulos preenchidos com cores puras e lisas - amarelo, azul e vermelho e, ainda, o preto e o branco.

A partir de 1924 o contato com o Suprematismo e o Construtivismo russos levou-o a repudiar as composições neoplasticistas por achá-las estáticas e inadequadas para exprimirem o dinamismo da vida moderna. Como alternativa, elaborou a contra composição, a qual, de um ponto de vista formal, se caracterizou pela substituição das linhas verticais e horizontais, típicas do Neoplasticismo, por uma teia de linhas diagonais. Chegou mesmo a afirmar-se que este processo teria como objetivo irritar Piet Mondrian e, o que é certo, é que as relações entre os dois artistas se romperam a partir de então.

Van Doesburg e os neoplasticistas em geral, tiveram uma extrema importância na arte do séc. XX quer pelas experiências que realizaram, no sentido de exprimirem a realidade apenas pelo equilíbrio do movimento dinâmico da forma e da cor, quer pela influência que exerceram no nível da renovação da arquitetura e do design modernos.


19 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest