Greca espera arrecadar R$ 67 milhões com o IPTU


A Prefeitura de Curitiba enviou à Câmara Municipal projeto para manter a Planta Genérica de Valores (PGV) e revisar o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) – correção da inflação de acordo com o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) nos últimos 12 meses (valor base de novembro), acrescida de mais 4% para imóveis e 7% para terrenos sem edificação.

Na justificativa do texto enviado na última quarta-feira (11), o Executivo afirma que manteve as mesmas condições de 2014 que “são, ainda, os mais próximos da realidade de mercado” e estima que a arrecadação de IPTU será alavancada em R$ 67.380.000,00, o “equivalente a um crescimento de 9,28% no lançamento do IPTU relativamente ao exercício de 2017”.

O projeto apresentado pelo Executivo à Câmara de Vereadores traz uma comparação com o IPVA, a título de ilustração, em que imóveis e carros de mesmo valor, quando colocados lado a lado, tem grandes diferenças na cobrança de impostos. “O valor do IPVA, que tem sua base de cálculo mais atualizada e bem próxima a valores de mercado, é muito superior ao do IPTU”, argumenta-se. Enquanto um imóvel de até R$ 150 mil pagaria R$ 197,03 de IPTU, um veículo do mesmo porte paga IPVA de R$ 4,3 mil.

Publicidade

Últimas Notícias

28 de Fevereiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais Certificados

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale