Policiais são absolvidos pela morte de assaltantes


Por decisão dividida, os jurados absolveram o grupo de 13 policiais militares acusados de matar cinco suspeitos de roubar um carro. O caso ocorreu em 2009 no bairro do Alto da Glória em Curitiba. Os policiais foram defendidos pelo advogado Claudio Daledone Júnior e a promotoria afirmou que vai recorrer da decisão.

A defesa dos policiais alegou que o grupo de cinco assaltantes desceu do carro atirando, logo após baterem o carro roubado em muro, depois de furarem o cerco policial. Na troca de tiros, os suspeitos teriam sido atingidos e foram levados ao hospital pelos próprios policiais, mas já chegaram mortos.

Um inquérito realizado pela própria Polícia Militar constatou que havia controvérsias nos depoimentos dos policiais envolvidos, uma vez que o GPS das viaturas indicavam que os suspeitos teriam sido levados para outra área, antes de serem levados ao hospital.

A suspeita que recaiu sobre o grupo de policiais é de que os assaltantes teriam se rendido após o acidente e levados para uma área onde foram executados.

24 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest