Assembleia confirma congelamento de gastos do governo


A Assembleia Legislativa aprovou em segundo turno, o projeto do Poder Executivo que estabelece um ‘teto de gastos’ para o Executivo por dois anos. A proposta limita o crescimento das despesas ao índice de inflação acumulada no ano anterior, medido pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O projeto foi aprovado por 27 votos favoráveis, 14 contra e uma abstenção.

De acordo com o governo, a medida foi exigida pelo governo federal como contrapartida para renegociar as dívidas. Os deputados de oposição e sindicatos dos servidores protestaram contra a medida, uma vez que ela “congela” os salários do funcionalismo público estadual até 2019, já que com o teto, o Estado ficará impedido de promover reajustes.

O governo alega que com a adesão ao programa de auxílio aos estados, o Paraná garantiu uma redução de cerca de R$ 700 milhões no gasto da dívida com a União no ano passado e outros R$ 450 milhões este ano. Além disso, o ajuste aumentaria o prazo para o pagamento dessa dívida.

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

28 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale