Setor automotivo no Paraná é o que mais gera emprego no País


O polo automotivo no Paraná foi o que mais gerou empregos com carteira assinada no setor nesse ano no País. Levantamento do Observatório do Trabalho, da Secretaria de Estado de Justiça, Trabalho e Direitos Humanos com base nos dados do Cadastro de Empregados e Desempregados (Caged) mostra que, sozinho, o Paraná respondeu por 29% das contratações no segmento no Brasil. Das 6.193 vagas criadas em todo País de janeiro a agosto, o Paraná foi responsável por 1.775.

O Paraná foi o único, entre os principais polos automotivos do país, a ter saldo positivo de emprego. O resultado entre admitidos e demitidos nas fábricas de automóveis, caminhões e utilitários foi positivo em 1.327 empregos formais nos primeiros oito meses do ano.

São Paulo, que tem o maior parque industrial do setor, mais demitiu que contratou e registrou um saldo negativo de 1.365 empregos. Minas Gerais também foi nessa linha, com a perda de 1.540 vagas. O Paraná é o segundo maior polo automotivo em receitas e o terceiro em produção do País. O setor emprega 44,7 mil pessoas no Estado.

26 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest