banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Caixa Cultural Curitiba recebe o Curta-8


A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, de 5 a 8 de outubro, a 13ª edição do Festival Internacional de Cinema em Super 8 — o “Curta 8”. Este ano a programação do evento traz 74 filmes vindos de oito países, além de três mostras paralelas, com filmes do Brasil e da Argentina, com filmes que transitam da animação ao documentário e ao experimental. Todas as sessões têm entrada franca.

O Curta 8 traz, também, uma mostra especial com dois superclipes realizados por cineastas de Curitiba e com performances musicais ao vivo de artistas locais. Haverá ainda o “Dia do Filme Caseiro” (Home Movie Day), onde o público pode trazer seus rolinhos de casa para serem projetados em sessão especial comentada.

Outra atração do festival é o lançamento do livro "Super 8 no Brasil: Um Sonho de Cinema", de Antônio Leão Neto. Trata-se da décima obra do escritor que se configura em um dicionário sobre o movimento super 8 brasileiro, contendo a relação dos filmes, seus realizadores e biografias. No total, estão listados no livro 5.519 filmes, 3.770 realizadores e 952 biografias.

Sobre o Curta 8

Criado em 2005, o Festival cresceu rapidamente com o impulso de apaixonados pelo filme analógico. Ao longo dos anos, o Curta 8 conseguiu parcerias fora do país, até se consolidar como evento mundial do gênero em 2008, com o patrocínio da CAIXA. Atualmente em sua 13ª edição, o evento é uma das maiores iniciativas já realizadas no Brasil, e um dos poucos festivais dedicados ao culto da bitola Super 8 nas Américas. O festival é coordenado por Antonio Carlos Domingues, tendo curadoria de Fábio Allon nas mostras competitivas. A produção é de Adriano Esturilho, da Processo Multiartes. A programação completa do evento estará disponível nos sites www.curta8.com.br e www.caixacultural.com.br

Homenagem a Hugo Mengarelli

A abertura do festival ocorre com a exibição dos filmes O Mágico e O Besouro, de Hugo Mengarelli. Argentino radicado em Curitiba, há décadas ele contribui para a formação de artistas locais, inspirando-os com sua paixão incondicional pela sétima arte e pelo teatro. Por sua trajetória, Mengarelli receberá o Troféu Leandro Bossy Schip – criado em homenagem à memória do idealizador do Curta 8, falecido em 2016.

Mostra Irmã(o)s Wagner

O Curta 8 também homenageia os irmãos Wagner: Ingrid Marie, Elizabeth Elze, Rosane Edith e Helmuth Jr. (Muti). Eles são filhos do consagrado fotógrafo Helmuth Erich Wagner e da desenhista imaginativa Edith Pitz Wagner. Os irmãos são autodidatas que iniciaram no cinema na bitola super 8, em 1976, apresentando seus primeiros filmes na Cinemateca de Curitiba. Entre outros, produziram Ensaios, Metamorfose, A cidade dos executivos, Pudim de morango e Foi pena q..., filmes que serão exibidos no Curta 8.

Os filmes do grupo caracterizam-se por marcante originalidade, força expressiva e técnica apurada, além da variedade de gêneros, transitando por obras de animação, documentário e ficção. Sucesso de crítica e de público, seus trabalhos foram premiados em todos os festivais e eventos de que participaram, tanto em jornadas nacionais como internacionais.

Mostra Ernesto Baca

Nascido em Florêncio Varela, na Argentina, em novembro de 1969, Ernesto Baca terminou seus estudos de Produção de Filmes e Vídeo no CIEVYC, em 1997. Lá conheceu Cláudio Caldini que o iniciou na experimentação com linguagem audiovisual. Desde então, filmou inúmeros curtas experimentais, tornando-se um dos expoentes na América Latina. Residindo hoje no México, onde continua realizando seus experimentos fílmicos, Baca já foi jurado em uma das mostras do festival suíço Vision du Reel, mesmo posto que ocupará no Curta 8. Ele filmou o longa "Música para astronautas" em Super 8 e também participou do festival Punto de Vista, na Espanha.

Jurados do Curta 8

Junto com Ernesto Baca, comporão o júri os cineastas Rodrigo Souza e Souza e Ivan Cordeiro. Souza e Souza veio pela primeira vez ao Curta 8 em 2009, trazendo sua produção em Tomada Única. Deste então, é participante assíduo do Festival. Ele é cofundador do Coletivo “Mundo em Foco”, criado em 2004, e também co-idealizador e diretor do Super OFF – Oficinas, Filmes e do Festival Internacional de Cinema Super 8 de São Paulo, este último realizado em 2014.

Já Ivan Cordeiro é um cineasta pernambucano, radicado em Los Angeles, onde estudou Comunicações com ênfase em Cinema. Como entusiasta da bitola super 8, produziu vários filmes assim como restaurações, usando escaneamento digital para fins de pós-produção, em associação com a Pro8mm, da Califórnia (EUA).

O desafio dos filmes em Tomada Única

Outra atração do festival são os filmes em Tomada Única. Realizados com apenas um cartucho, eles são filmados na ordem narrativa do roteiro e não passam por edição posterior. Juntos, tanto público quanto realizadores, assistirão aos filmes pela primeira vez na tela grande e com a trilha executada ao vivo durante a projeção.

A maioria das películas em Tomada Única é fruto da oficina gratuita organizada pelo Curta 8, que antecede o evento. Este ano, são 17 filmes produzidos a partir do encontro, além de outros nove de realizadores independentes. Durante as sessões, o público participa votando nos filmes que mais gostar, em todas as mostras competitivas.

O público também terá a oportunidade de participar ativamente do festival no domingo, dia 8, às 16 horas, quando acontece a já tradicional sessão do “Dia do Filme Caseiro”. Nesta fase, são exibidos filmes pessoais – em super 8 e single 8 – que os espectadores poderão trazer para avaliação técnica desde o primeiro dia de Festival. A ideia da sessão é apresentar um pouco de tudo: desde trabalhos de ficção autorais, até registros familiares.

4 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest