banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Teatro Guaíra recebe o “Carnaval dos Animais”


Dando sequência às pontuais apresentações que tem aproximado cada vez mais o público da música orquestrada, a Orquestra Filarmônica de Curitiba apresenta p Carnaval dos Animais, Peer Gyint e The Typewriter, um programa dedicado à formação de plateia. O concerto será nos dias 26 e 27 de agosto, no Guairão. Sob a regência do maestro Alexandre Brasolim e direção de Kika Marquardt, a apresentação começa com as suítes 1 (Opus 46) e 2 (Opus 55) de Peer Gyint, composta por Edvard Grieg para compor a trilha sonora da peça do dramaturgo norueguês Henrik Ibsen que completa 150 anos em 2017. Fala sobre a jornada do jovem Peer Gyint que deixa sua vila na Noruega para ganhar o mundo e que no caminho encontra fadas, duendes, passa por diferentes paisagens, explora diferentes países, mas caminha também por mentiras e trapaças para conseguir o que almeja: a sua felicidade chegando a tornar-se Imperador de Si Mesmo. Porém, não é feliz e somente quando retorna à sua terra natal, vê que a felicidade estava lá todo o tempo. As músicas mais famosas que contam essa história são O Amanhecer e A Montanha, que muitas crianças já devem conhecer porque é uma das trilhas sonoras do filme Trolls que estreou esse ano e tambcontada pela Fafá Conta. Já no Carnaval ém de alguns jogos eletrônicos. Durante a apresentação da música, a história será dos Animais, uma das obras mais célebres do compositor Camille Saint-Saëns, o concerto é apresentado em meio a projeções de ilustrações e narração também da Fafá Conta no início de cada peça que mostra diversos animais como Leão, Galinhas, Cisnes, Tartarugas e até mesmo um Aquário onde seus sons característicos são transformados em linguagem musical. O Cisne, por exemplo, é representado pelo violoncelo sobre a harmonia do piano. Na Marcha Real do Leão as cordas que imitam seus rugidos. Galinhas e Galos são anunciados pelo clarinete. O Elefante traz à cena o contrabaixo com pinceladas do piano. E dessa forma, o público irá aproveitar e conhecer a música orquestral de forma lúdica e diferenciada. O concerto será encerrado com a divertida obra de The Typewritter, A Máquina de Escrever, uma peça instrumental composta por Leroy Anderson, em 1950, que ficou famosa pela interpretação do ator Jerry Lewis. Para encerrar o concerto de forma inusitada, o som das teclas de uma máquina de escrever sob o comando de um percussionista se faz presente enquanto todos os instrumentos estão em cena. Aqui a plateia certamente irá se deliciar com os momentos cômicos propostos pela performance desse número. Mais do que um concerto para crianças, essa produção do Observatório das Artes é para ser apreciada pela família toda. Os ingressos já estão à venda pelo Disk Ingressos e variam entre R$ 20 e R$ 40 a meia entrada. A meia entrada é válida para doadores de sangue, estudantes, idosos, PNE´s, professores, portadores de câncer, cartão fidelidade Disk Ingressos e cartão Criança na Plateia.


5 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest