Moro libera R$ 10 milhões para Monica Moura e João Santana




O juiz Sérgio Moro liberou R$ 10 milhões dos R$ 28,7 milhões do casal Monica Moura e João Santana. O valor estava retido pela Justiça Federal, e o pedido de desbloqueio foi feito pelos advogados do casal que alegaram dificuldades financeiras. Monica e João Santana já foram condenados duas vezes pela Operação Lava Jato pelo crime de lavagem de dinheiro e cumprem a pena em liberdade provisória desde agosto deste ano. Em abril, eles tiveram o acordo de delação premiada homologado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A decisão de Moro foi protocolada no sistema da Justiça Federal do Paraná na manhã desta quinta (17). Ao decidir sobre a liberação parcial do dinheiro, Moro citou que o Ministério Público Federal (MPF) confirmou que os acusados tomaram as providências necessárias para a repatriação e perdimento dos valores mantidos na Suíça. Ainda de acordo com o juiz, essa repatriação ficou sob responsabilidade da Procuradoria-Geral da República e está em tramitação. “Não é justo, a ver do Juízo, penalizar os colaboradores, que fizeram a sua parte no que se refere ao acordo, retendo em bloqueio judicial valores que não foram perdidos no acordo de colaboração. Não seria, porém, prudente liberar todo o numerário, enquanto a repatriação não for ultimada”, afirmou Sérgio Moro. O casal é acusado de receber milhões de dólares em conta secreta no exterior e milhões de reais em espécie no Brasil do esquema criminoso da Petrobras. Os valores, segundo o MPF, foram pagos a eles por empreiteiras com contrato com a estatal para remunerar serviços em campanhas eleitorais no Brasil. Eles foram alvo da 23ª fase da operação.

25 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest